top of page

Como escolher plantas por afinidade energética, para se ter junto você em casa ou no trabalho ?

É comum encontrar indicações de plantas para determinadas funções ou locais de uma casa ou espaço, devido a quantidade de luz que elas necessitam e que é disponível no ambiente. Mas já pensou se ela tem afinidade energética com você? Ou seja, será que ela possui uma função energética para aquele ambiente? O que irá aproximá-la de uma afinidade com quem convive com elas.



Plantas são seres vivos muito sensíveis a vibração de nossos pensamentos e sentimentos. Elas conseguem captar nosso campo magnético e é desta maneira que consegue transmutar a energia do ambiente e das pessoas que com elas convivem.


Porém, é necessário ter afinidade com elas para uma saúde integral delas e benefícios de ambos.


E pensando nisso, aqui vão algumas dicas para criar esta afinidade entre vocês desde o inicio:


- Antes de adquirir uma plantinha, você deve sentir o cheiro e a textura dela.

- Visualizar as cores, os formatos e por fim sentir se todas estas iniciais impressões lhe agradam

- Se a resposta for Sim, o próximo passo é conversar com a planta (pode ser mentalmente). Comece se apresentando e pedindo uma opinião a seu respeito e se ela gostaria de lhe acompanhar para o ambiente que pretende colocá-la.

- Busque não pensar em uma resposta, mas sentir a reação da planta.

- A sensação positiva, de uma forma geral, é como um abraço. Ela abraça a ideia que apresentou a ela e de bom grado quer seguir com você pelo que sentiu em seu campo magnético.

- Se a sensação for negativa, ou de rejeição, é um sinal de que aquela planta não é adequada para o espaço ou finalidade energética para qual procura. Busque outra planta, até encontrar a que necessita.


Este teste é muito simples e possível de sentir por qualquer pessoa, sendo cinestésica como eu, ou não. Estamos ligados aos animais e plantas do planeta tão quanto a energia criadora está dentro de nós a nos guiar em nosso propósito terreno. Então confiem, se permitam a esta experiência, através da inteligencia que vem do coração e não da razão.

Pois a razão os fará acreditar que são tolos, ao tentar comunicação com uma planta, que não fala a "língua dos homens". Mas a intuição, essa sim, mostra a linguagem universal, aquela que somente é sentida, pelo amor.


Namastê

2 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page